CONGRESSO IBEROAMERICANO DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE (CIMF)

2d85fac3-f546-41c9-a34f-554afea8e5dd

 

É com muito orgulho que a Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade (ACMFC) comunica o êxito em trazer ao nosso estado a VII edição do CIMF. Apoiaremos a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC) na construção desse evento e contamos com o apoio dos médicos de família capixabas!

REUNIÕES ACMFC

2019 – Reuniões da Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade

Local: Auditório do Conselho Regional de Medicina do ES (CRM-ES) Vitória-ES. Veja o mapa de acesso clicando AQUI ou observe a imagem ao final das datas de 2019

HORÁRIO: 18:00 às 19:00 h

03 /01/ 2019 – ORDINÁRIA

07/02/2019 – ORDINÁRIA
07/03/2019 – ORDINÁRIA
04/04/2019 – ORDINÁRIA
02/05/2019 – ORDINÁRIA
06/06/2019 – ORDINÁRIA
04/07/2019 – ORDINÁRIA
01/08/2019 – ORDINÁRIA
05/09/2019 – ORDINÁRIA
03/10/2019 – ORDINÁRIA
07/11/2019 – ORDINÁRIA
05/12/2019 – ORDINÁRIA

Local: Auditório CRM- ES. Veja abaixo.

RECEPÇÃO DOS NOVOS R1 DE MFC DO ES

No dia 11/04 a Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade (ACMFC) realizou uma roda de conversa com os novos R1 de Medicina de Família e Comunidade (MFC) do Espírito Santo (ES), onde foram abordados temas como Atenção Primária a Saúde no SUS e na saúde suplementar; perspectivas futuras da MFC no Estado; ensino em graduação e pós-graduação; e pesquisa.

A roda contou também com a participação de outros residentes do ES, além de preceptores e médicos de família atuantes na região. Todos se apresentaram e participaram de uma atividade interativa com perguntas do tipo “Você sempre quis ser médico de família e comunidade?”. Também houve um momento para esclarecimento de dúvidas e, por fim, um momento de descontração final com coffee break, onde todos puderam interagir de forma amistosa.

A ACMFC recebe de braços abertos os novos R1 do ES.

Sugestões de tema e logo para Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade – Vitória/2021

Olá MFCs Capixabas,

Sediaremos em 2021 na cidade de Vitória o 16º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade. Os preparativos para esse grande evento já iniciaram. Gostaríamos de contar com a colaboração dos MFCs capixabas para sugestões de TEMA e LOGO do congresso e com isso apresentar um pouco das características dos nossos mfcs e da nossa terra.

As sugestões de tema e logo podem ser feitas através desse link até o dia 28/02.

https://goo.gl/forms/pCHiKhPG6Y9kVJqv2

Reunião Ordinária ACMFC

Reunião Ordinária da Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade – ACMFC.

DATA: 07/02/2019 (quinta-feira) – ORDINÁRIA

HORÁRIO: 18 horas

LOCAL: Auditório do CRM – ES.  VEJA O MAPA AQUI

PAUTA:

  • Congresso Capixaba
  • Congresso Brasileiro
  • Projeto em parceria com a SESA

Nota de esclarecimento da Associação Capixaba de Medicina de Família sobre a “Escola Estadual de Medicina”

Viemos a público prestar esclarecimento sobre as reportagens veiculadas no jornal A Gazeta – coluna Vitor Vogas – nos dias 27 e 28/01 referentes às propostas da atual gestão da Secretaria Estadual de Saúde para a formação de recursos humanos e educação permanente de profissionais para o Sistema Único de Saúde.

Em nenhum momento foi proposta pela Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade (ACMFC) a criação ou ampliação de escolas médicas no estado do Espírito Santo. Da mesma maneira, não foi apresentada à ACMFC, por parte da atual gestão da Secretaria de Estado da Saúde, qualquer proposta nesse sentido. Acreditamos que a reportagem veiculada no dia 27/01 foi imprecisa na diferenciação das etapas do processo formativo na área médica que contemplam a graduação, residência médica e educação continuada (cursos/aprimoramentos/especializações).

Fomos convidados pelo Secretário Estadual de Saúde, Nésio Fernandes, como associação técnico científica com notório saber nas áreas de Medicina de Família e Comunidade (MFC) e Atenção Primária à Saúde (APS), a dialogar sobre o panorama da APS no Espírito Santo e estratégias para enfrentamento das dificuldades para a consolidação desse nível de cuidado no sistema de saúde capixaba.

Nossas intervenções junto a entidades públicas, privadas e instituições de ensino são no sentido de fomentar a formação padrão ouro de especialistas médicos através da residência em MFC. Porém, concordamos com a Secretaria Estadual de Saúde sobre a necessidade de educação continuada dos profissionais que já atuam na Atenção Primária à Saúde através de cursos/aprimoramentos/especializações e sobre a necessidade de ampliação do quantitativo de especialistas em MFC para atuarem nas equipes de saúde do estado. Com isso, nos colocamos à disposição para cooperar científica e tecnicamente com propostas que busquem a qualificação da assistência à saúde a nível primário para todos os capixabas.

Defendemos em nossas intervenções que é necessário, por parte dos gestores públicos e privados, um forte compromisso para a valorização do MFC por meio de estratégias que visem a fixação dos profissionais especialistas através de processos seletivos específicos para MFC e uma remuneração capaz de atrair o profissional para atuação nas equipes de saúde do estado do Espírito Santo. A MFC é uma especialidade essencial em qualquer sistema de saúde, já que é capaz de responder com qualidade 85% dos problemas de saúde de uma população.

Colocamos a ACMFC à disposição das entidades públicas, privadas e instituições de ensino para dialogar sobre estratégias para fortalecer a Medicina de Família e a Atenção Primária Capixaba.

Atenciosamente,

Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade

Diretoria 2018-2020

 

Nota de esclarecimento da associação capixaba de medicina de família sobre a